23 de jul de 2014

[Resenha] O Colecionador de Borboletas

Colecionador-de-Borboletas

 

Autora: Cecília Mouta

N° de páginas: 256

Editora: Novo Conceito

Compre: Editora Novo Século | Livraria Saraiva | Livraria Cultura

 

Sinopse: Você sabe qual a verdade sobre o efeito borboleta? Nicola é um pesquisador e colecionador de borboletas que perdeu a memória. Durante sua recuperação, com a ajuda de uma psiquiatra, descobre que possui o poder de voltar ao passado e modificá-lo, e também que era apaixonado por uma garota chamada Joana, que aparece repetidas vezes em meio à suas confusas visões. Pior que uma lembrança morta, é uma lembrança que insiste em ressurgir. E Nicola terá que seguir o fio de suas vagas recordações para desvendar até que ponto alterou seu passado. Porém, este colecionador ainda não tem consciência do quanto o efeito borboleta pode ter afetado seu próprio destino.

 

 

Este livro, com toda certeza, entrou para os melhores que eu já li neste ano. Ele é diferente de tudo que eu já tinha lido. É o tipo de livro que a cada virada de página você se surpreende mais. É aquele livro que por mais que faça pouco tempo que você tenha lido, você vai querer ler ele de novo. (isso está acontecendo comigo)

O livro nos apresenta a história de Nicola, um pesquisador e colecionador de Borboletas, que perdeu a memória e está em uma clínica de repouso. Ele não sabe há quanto tempo está ali e nem o porque. De início Nicola é um homem confuso e que vive uma rotina cansativa.

Porém quando Nicola tem sua primeira "visão" a coisas começam a mudar e ele anseia em descobrir sua historia de vida. Na clínica ele tem a companhia de Ester, sua enfermeira, que o ajuda em tudo, e sua médica Liz, por quem nutri um grande sentimento.

As lembranças de Nicola ficam cada vez mais frequentes e ele descobre que passou grande parte de sua infância e adolescência no sitio de seu avô, onde ele teve seu primeiro contato com as Borboletas e com a pessoa que mudaria sua vida para sempre.

"Era a primeira vez  que eu via um casulo na vida. Fiquei observando. Minutos depois, uma borboleta saiu dali de dentro. Tinha sido a coisa mais bonita que eu havia visto na vida."

Em uma de suas lembranças Nicola se lembra de Joana, seu primeiro grande amor. Mas com a descoberta desse amor, Nicola descobre, de formas trágicas, o Efeito Borboleta.  E a cada nova lembrança, uma nova descoberta e Nicola é mais uma vez surpreendido com seu passado.

"A vida me surpreendeu de diversas formas, me ensinou que amar é mais do que sentir, é mais do que viver."

Eu confesso para vocês que eu sofri demais a cada nova lembrança do Nicola e fiquei com raiva da Borboleta Verde, mas ao final, assim como Nicola, eu descobri que tudo que aconteceu foi necessário e talvez se não tivesse acontecido, Nicola não teria se tornado o grande homem que é. Mas o que mais importa é que Nicola tem um lindo e merecido final feliz!

"Minha vida durante muitos anos foi uma metamorfose, mas agora sou uma linda borboleta, que voa livre, feliz."

Bom, resumindo tudo, eu amei o livro! É uma historia intrigante, surpreendente, misteriosa, e romântica. A leitura transcorre de forma fácil e a cada novo capitulo você se prende mais ao livro. Em relação a diagramação do livro, não poderia ser diferente, é simplesmente linda. A autora escreve super bem – além de ser uma fofa – e é bastante objetiva.

Espero que tenham gostado da resenha e que tenham ficado curiosos em relação ao livro. Garanto que ele é muito mais do que eu falei aqui.

 

Obrigada por tudo!

"E que o bater de asas das borboletas traga sempre bons ventos." (Cecília Mouta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário