19 de jul de 2014

Resenha "A Destinada" - Paula Ottoni

Livro: A Destinada
Autora: Paula Ottoni
N° de páginas: 400
Editora: Publicação Independente 
Compre: Saraiva | Cultura | com a autora
Eliza Stewart tem um dom incomum. Ela é vidente. Sempre fez parte de sua vida salvar as pessoas com quem se preocupa, prevenindo acidentes e inconveniências que pré-visualizou em sua mente. Mas nada nunca se comparou ao tipo de visões que começa a ter aos dezoito anos, numa noite em que “vê” um rapaz sendo sequestrado de um trem. Os dois passam a ter “encontros” em sonhos, totalmente reais, ocasiões em que ele diz que será assassinado e ela é a única que pode impedir essa tragédia. Agora Eliza precisa reunir coragem, fugir de casa e sair em uma viagem incerta para tentar salvar essa vida e, quem sabe, recuperar seu grande amor.
                   Até onde você iria por amor?

A Destinada foi, com certeza, um livro que mesmo antes de ler já sabia que iria gostar. A capa em conjunto com a sinopse me deram enormes expectativas sobre o livro, que felizmente foram supridas.
"Heroísmo é para heróis, eu sempre soube disso. E o problema é que eu nunca fui uma heroína."
     Eliza Stewart é uma jovem um tanto diferente das outras, não por seu jeito de se vestir ou pensar, ou por seu gosto musical, ou por tantas outras coisas que fazem pessoas serem taxadas de diferentes. Eliza tem um dom. Um dom que de incio pode parecer um carma, mas que ao final se torna uma benção, que transforma não só a vida de Eliza, mas sim, ela própria. 

Eliza tem 18 anos, mora com a mãe, Nicole, que é americana, e com a irmã Vicky. Os pais são separados e elas, de inicio, não tem um boa relação com o pai, Daniel, que é brasileiro, por ele não ser presente em suas vida. Ela nasceu no Rio Grande de sul, mas cresceu na fazendo do avó, em Jackson Count, e mais tarde em Iowa. 

Desde de pequena, Eliza, desenvolve seu "dom", ajudando pessoas próximas a ela, salvando-as de um triste destino. Porém depois de alguns anos sem ter suas "visões", elas voltam, mas de uma forma diferente. Nesta visão ela não consegue ver a pessoa que precisa de ajuda. 
"Não conseguia acreditar que aquele pesadelo estava começando de novo. E era quase que literalmente um pesadelo. Mas eu sabia bem demais que eram minhas visões. E era isso que me incomodava, porque não me importava em sonhar com coisas ruins, se eu sabia que era tudo mentira. Mas com minhas visões era diferente. Era real demais, e era verdade."
Na nova visão, Eliza, ver um homem, em um trem, sendo sequestrado. Entretanto ela sabia que só tinhas visão com pessoas próximas a ela. Então, quem seria aquele homem? Seria apenas um desconhecido? A preocupação toma o coração de Eliza. E quando tudo parecia o mais estranho possível ela se encontra, através de sonhos, com o rapaz da visão. Ele não podia dá muitas informações, mas implorava que Eliza tentasse ajuda-lo ou então ele morreria.

E Eliza com seu coração de heroína não ver outra saída a não ser tentar ajuda-lo. E é tentando ajudar esse rapaz misterioso que ela descobre que ele é, ninguém menos do que uma das pessoas mais importantes de sua vida. E impulsionada por esse amor, que um dia ela abriu mão, Eliza não mede esforços para salva-lo.

E meio sem rumo, Eliza começa sua jornada. Ela mente, arrisca sua vida, atravessa o oceano e vai para Itália, um lugar que ela nunca pensou em ir. Tudo para salvar seu grande amor.

O destino começa a ficar a favor de Eliza e quando ela menos esperava, encontra um amigo, Will, um rapaz lindo, atencioso e que ajuda Eliza de todas as formas. A parti daí a busca realmente começa...

Eliza foi muito longe, sem saber o que a esperava, sem saber se conseguiria, mas ela foi e provou para ela mesma que não era fraca e sim uma jovem forte e determinada. 

Bom gente não vou mais falar nada, quero que o livro seja uma surpresa para vocês o tanto que foi para mim! Eu simplesmente adorei "A Destinada". É uma historia envolvente que te prende até o final. A diagramação do livro é linda. A capa, as frases no começo de cada capitulo, formam um conjunto espetacular. 
E essa foi mais uma obra nacional apaixonante, original e que eu super indico para vocês! Espero que a resenha não tenha ficado confusa ou grande demais. Espero que tenham gostado <3 

Beijos e Obrigada por tudo! 

6 comentários:

  1. Adorei sua resenha, é um estilo que gosto. Fiquei curioso em relação ao livro e vou procura lê-lo.

    eueminhapequenaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado e tenho certeza que vai gostar do livro assim como eu!

      Excluir
  2. Adorei a resenha, parabéns! Fiquei curioso sobre o livro e quero ler-lo.... Bye!

    Lendo Ferozmente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico feliz que tenha gostado!

      Excluir
  3. Adorei a resenha, com certeza esse livro já entrou para a minha wishlist! haha
    Adorei seu blog, estou apaixonada por ele! haha
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awn querida que bom que gostou!!! Fico imensamente feliz em ouvir isso! <3

      Excluir